News from Microsoft…

Bem,

Com a chegada também planeada do Exchange 2007 garantidamente vamos ter um mega ano nas IT. Todo o buzz gerado pela chegada destes produtos, e todo o negócio que se gera em torno dos mesmos é suficiente para alimentar n*99999 discussões e novidades tecnológicas.

Resta saber o que vai acontecer a quem não têm plataformas técnológicas para tal (hardware…). Grandes movimentos na industria do hardware são também previsiveis.

Wireless RT2500 on Fedora Core 6

Continuando a saga da instalação da plaquinha com o chipset RT2500 da Ralink foi necessário:

– Drivers do Site do fabricante

– Instalar os pacotes de kernel-devel

(via yum para não complicar muito: yum install kernel-devel)
Perceber onde raio estaria a source do Kernel que aparententente era necessária, até que percebi que o mesmo não existia no FC6 porque foi retirado.

– Assim foi também necessário instalar o kernel source. Bastou arranjar o rpm e instalar.

Depois de tudo isto…. apareceu mais outro problema. A compilação do módulo falhava por que não havia “config.h”.

Aparentemente este ficheiro foi removido com este kernel. A primeira solução que testei foi mesmo a que me apareceu após algum googling, foi a de arranjar um config.h de um Fedora Core 5 conforme link atrás. E assim lá foi, lá arranjei um através de algumas páginas da NVIDIA que tinham também problemas semeelhantes para compilar.

A solução contudo mais elegante era contudo avançada nos fóruns do serialmonkey:

You should open the file rt_config.h
and replace

with Após tudo isto e pensando que o pesadelo iria acabar…. nem me passou pela cabeça o que teria ainda de “penar” até ver o wireless a funcionar.

Após tudo compiladinho direitinho o módulo não carregava ao fazer o “insmod rt2500.ko”. Apanhei no “/var/log/messages” uma coisa engraçada, que me chamou a atenção:

“Nov 10 19:37:44 localhost modprobe: FATAL: Error inserting rt2500 (/lib/modules/2.6.18-1.2798.fc6/extra/rt2500.ko): Invalid
Nov 10 19:37:44 localhost kernel: rt2500: version magic ‘2.6.18-1.2798.fc6 SMP mod_unload 686 REGPARM 4KSTACKS gcc-4.1’ shou
Nov 10 19:38:43 localhost modprobe: FATAL: Error inserting rt2500 (/lib/modules/2.6.18-1.2798.fc6/extra/rt2500.ko): Invalid “

Na mensagem acima não é tudo muito explicito, contudo trata-se de um problema de arquitecturas. Por alguma razão ele baralhou-se com isto e instalou um kernel 586 enquanto outras coisas instalou com a arquitectura 686, causando este erro bonito.

Após tal, só googlando um bom bocado lá consegui chegar:

Bugzilla Bug 211941: Anaconda picks i586 kernel on some i686 systems

A solução até é simples… Aquando da instalação bastaria forçar a arquitectura a usar com 686 segundo li algures, mas como não queria reinstalar tudo…. Sacou-se mais uns rpms e ….

rpm -ev kernel-devel #just to keep things simple
# backup /boot/grub/grub.conf
# download the correct kernel and kernel-devel
rpm -Uvh --force kernel-2.6.18-1.2798.fc6.i686.rpm
# restore grub.conf if necessary - wasn't for me
reboot
rpm -ivh kernel-devel-2.6.18-1.2798.fc6.i686.rpm

Desta forma tudo resolvido e com o módulo compilado.

Bastaria depois fazer

insmod rt2500.ko
ifconfig ra0 inet up
dhclient
E tudo correria bem… a plaquita já estava. Só faltaria o utilitário de configuração que devido à complexidade de configuração via text file, achei melhor arranjar o gui, visto que precisaria do WPA a funcionar.

Tudo bem…. só faltava o qt, que era necessário para compilar a coisa. Sacar o Qt, colocar a compilar, e esperar…. esperar… pelas 3 da manhã lá acabou, mas nessa altura já eu estava a dormir….

Esta manhã foi so compilar o RaConfig2500, mover o ficheiro para por exemplo o “/usr/sbin” e prontos…. finalmente tenho wireless no portátil. Chato é cada vez que quero ligar isto ter de inserir o módulo e correr mais uns comandos.

Até podia automatizar isto mas fiquei-me mesmo por um simples batch que faz isto quando o chamo… e that’s it. Cá está ele a funcionar e eu em rede.
screenshot.jpg

Existe ainda o projecto rt2000 do serialmonkey , contudo acabei-me por me ficar com os drivers da Ralink. Em determinada altura experimentei os dois, mas acabei por continuar a instalação com a versão do fabricante do chipset wifi.

Btw, segundo li por aí o Ubuntu suporta os chipsets RT2500 “out of the box”…. É menos complicado, por isso se alguém estiver interessado…

[root@localhost ~]# iwlist ra0 scanning
ra0 Scan completed :
Cell 01 – Address: 00:04:E2:9D:8B:1A
Mode:Managed
ESSID:”wifi.durao.net”
Encryption key:on
Channel:3
Quality:79/100 Signal level:-74 dBm Noise level:-204 dBm

Fun Stuff… Wireless RT 2500 on Fedora Core 6 – Part1

or not… depende do ponto de vista. Decidi, de facto dar uso ao meu velho portátil que já não uso. Eis as specs do animal:

vendor_id : AuthenticAMD
model name : mobile AMD Athlon(tm) 4 1500+
cache size : 256 KB

Resta dizer que têm 256 MB Ram, aquece muito, e de vez em quando têm umas travadinhas se o mexer muito (suspeito que seja algum mau contacto interno), pois umas quantas palmadas suaves na base põe novamente o logotipo da compaq a aparece no boot, porque quando “trava” nem arranca.

Ora e para escolha natural, saí um Fedora Core 6, sem dual boot, linux apenas.

Tudo bem…. mal eu suspeitava os problemas que ai viriam para instalar a minha placa wireless PCMCIA.

Penso que se trata de uma Conceptronix (dunno… isto nem marca têm… lembro-me que uma vez para uma PCI que tinha no desktop cheguei a conclusão que era qualquer coisa, que procurando acabei por verificar que tinha um chipset da Ralink.

Gostei tanto disto que ainda recentemente preferi comprar uma outra na Fnac da marca Sitecom

SITECOM WIR G TURBO PCI WL-171 só porque tinha um chipset da Ralink.

Mas em frente…. foi de facto uma verdadeira animação instalar isto no Fedora Core 6.

Após fazer download dos drivers da página da Ralink, há que os compilar. Noto também que nessa altura que existe um outro projecto que não do fabricante, e quando reparei já tinha tentado os dois… 🙁

To be continued…

Quero uma coisa destas…

1160674599_1_disco1.jpg

De repente “acordei” e fiquei impressionado com os preços:

Preço: € 115,00
Preço CHIP7: € 99,00
Poupe: € 16,00 (-14%)

É impressão minha ou tudo isto de informática está cada vez mais barato?

Ainda me lembro quando paguei há uns 4 anos 100 e tal euros (acho que foram 150+-) pelo meu disco de 60 GB a 7200 rpm a um colega.

Há cerca de três, um ano depois comprei um de 160GB na Solbi pelo mesmo preço…. 

Cada vez mais acho que não compensa gravar nem cd’s ou DVDs.