Tovaxin® e Esclerose Múltipla

Confesso que o tema em causa é algo estranho, e algo diferente dos habituais até agora tratados no “burgo”, mas como últimamente a minha mãe me têm dado bastantes dores de cabeça, todas resultantes da sua condição de portadora de EM, fiquei bastante agradado e esperançoso com esta noticia.

Aparentemente a Opexa Therapeutics está na fase IIb de testes com o Tovaxin, um medicamento em que “We believe that our initial human trials suggest that Tovaxin safely induces the depletion and regulation of MRTCs, possibly stabilizing the disease, reducing the annualized relapse rate, and potentially improving the disability scores of patients.”

Informação pode ser encontrada em http://www.opexatherapeutics.com/tovaxin.php e ainda no site Clinicaltrials.gov podemos encontrar mais alguns dados sobre o estudo em curso.

“MS is the result of a person’s own T-cells attacking the myelin sheath that coats the nerve cells of the central nervous system (CNS). Tovaxin consists of attenuated patient-specific myelin reactive T-cells (MRTCs) against peptides from one or more of the primary proteins on the surface of the myelin sheath (myelin basic protein (MBP), proteolipid protein (PLP) and myelin oligodendrocyte glycoprotein (MOG)). Patient-specific MRTCs are expanded in culture with specific peptides identified by our proprietary test of the patient’s peripheral blood, the cells are attenuated by gamma irradiation, and then returned to the patient as a subcutaneous injection. “

A novidade foi por mim conhecida via Ms-Gateway , um portal construído para a comunidade portadora de Esclerose Múltipla e não só, pela Schering Lusitana, Lda.

Seria muito bom mesmo que em breve surgissem novidades para “resolver” esta doença incurável e que atormenta muitos por este país e mundo fora. As terapêuticas actuais podem ajudar e muito a evitar a progressão da doença, contudo bom bom era mesmo tratá-la.

Temos de ter esperança, mas de qualquer das formas não deixa de merecer um “porreiro pá!” (á moda do Sócrates).

2 thoughts on “Tovaxin® e Esclerose Múltipla

  1. olá
    Sou a M.José tenho E.M. desde 2001 e tenho 48 anos. Será que alguem me diz se eu tenho direito á reforma sem penalização. Sei que com esta idade ainda sou jovem.
    Alguem dê uma ajuda para eu saber os meus diretos.
    Obrigada
    Maria José

  2. Olá,

    nao sei bem qual a sua situação, nem o grau da sua doença, e eventualmente se terá direito á mesma sem penalização.

    Pelo que sei da experiência com a minha mãe, ela têm reforma por invalidez, sendo que não lhe sei esclarecer se têm penalizações ou não, dado ser uma reforma muito pequenina, que contude têm desde os 50 e picos.

    No entanto, para averiguar o grau da sua doença terá de passar por uma junta médica, que o mais provável é não compreenderem a sua doença, e dizerem que está bem capaz de trabalhar como é o habitual.

    Aconselho-a a falar com a sua neurologista de forma a saber a opinião da mesma, e se necessário auxiliar no processo.
    A neurologista da minha mãe têm sido um auxílio fundamental em tudo… não sei o que faríamos sem ela.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *