O Twitter passará a ser pago ?

twitterSegundo muitas noticias de hoje, o Twitter passará a ser pago, sendo a versão gratuita muito limitada.

Nada é oficial ao que sei ainda, mas existe muito buzz pela blogosfera já: aqui e mais por aqui e muito pelo Google e até no próprio Twitter.

Parece-me assim que a procura deste serviço vai decrescer, e alguns se irão virar para outro alternativo gratuito que irá brilhar em breve.

Só falta mesmo o Google tornar-se uma alternativa viável para tal de forma a também apanhar este nicho de mercado.

Vejamos…. o Twitter pode ser visto como um frontend de um jabber server…. ou um irc. Enfim… no entanto é óbviamente algo mais complexo, mas nada como a imaginação da malta para inventar coisas semelhantes.

Talvez seja a altura de aparecerem mesmo alternativas:

O Face Book é também uma outra alternativa, pelo menos não sou o único que pensa tal  e certamente muitas mais opiniões se encontrarão por aqui 🙂

Talvez seja agora que o Jaiku do Google se revele a alternativa …

Enfim…. um grande talvez no ar. Parece-me no entanto que a busca de um modelo de negócio para o Twitter o pode limitar/constranger.

Vampiros & Debussy

Bem… ainda nada postei desde que voltámos de férias, mas conto em breve colocar umas fotos e pelo menos umas apreciações gastronómicas de uns sitios por onde passámos a pedido de alguns amigos.

Por agora e voltado ao trabalho, delicio-me nalguns momentos livres com os vampiros: é certo que já vêm tarde, mas desde que vi o Twilight, ou Crepúsculo em Português estes livros têm feito as minhas delicias.

 Já li o Crepúsculo, e vou no Lua Nova ….

       O Eclipse também já foi comprado, e ela já o lê também, furiosamente.

Por este andar não me espantava que em breve esteja “violentamente” a ouvir Debussy.

Enfim… como se diz pelo Bitaites, “Socorro tenho um vampiro a morder-me o juízo”.

Enfim mais uma vez como ele diz; Vampiros, Debussy e depois é sempre em frente. Parece que o novo filme sai para Novembro de 2009 – cá o esperaremos

Adeus Mario Gamito

Estou de férias Pelo que pouco ou nada tenho acompanhado de blogs ou emails. Contudo hoje estávamos no pico do areeiro e num teste de vermos se teríamos 3g a mais de 1800m de altitude abri o email. Os emaills esses não podiam ser piores: o Mario Gamito tinha-nos deixado. Companheiro e fundador do PlanetGeek, dinossauro da internet portuguesa e do linux em Portugal, Sportinguista, e grande amante de Pink Floyd e Roger Waters partiu. Que estejas em paz Mario.
As minhas condolências para o filho e toda a família. E um dia triste e sem dúvida um mundo mais pobre

[lamento os erros, mas este html foi enviado de um iphone com muitos erros e escrito muito depressa de forma a fazer uma singela referencia da minha parte a partida deste nosso amigo g33k]

Portal Casa.Sapo.pt

Sempre gostei dos produtos PT, não é uma questão apenas de defender a camisola  como alguns amigos me dizem, mas sim de previlegiar a qualidade dos bons produtos e serviços que possuimos e comercializamos. 

O Casa.Sapo.pt é um exemplo de um bom serviço do Grupo PT, com um bom branding e notoriedade excelentes.

Assume-se como o maior portal de género em Portugal: portal imobiliário líder em Portugal, o maior portal imobiliário nacional, sendo que as empresas do ramo que com ele trabalham anunciam, promovem e concretizam imensos negócios através do mesmo. As estatísticas não mentem.

Assim a plataforma permite o anúncio de forma simples e rápida de um imóvel com meia dúzia de cliques, estando rápidamente visivel a milhares de pessoas que diáriamente o utilizam nas suas pesquisas. Já o utilizo á alguns anos, sendo que nos últimos meses o tenho ainda usado com mais frequência dado que estamos a tentar vender a nossa casa. A maior parte das imobiliárias com quem tenho falado ultimamente utiliza o sistema da Imoguia. Óbviamente que grandes como a Re/Max ou a Era, ou até pequenos como a BelaVida têm portais próprios, contudo a taxa de adesão ao Imoguia é enorme, e isso pode ser fácilmente verificado pesquisando em diversas imos.

Foi colocado recentemente online uma nova versão, e dado que hoje estou de férias, consegui estar a olhar com algum tempo para o portal, utilizei o chat online para esclarecer algumas questões que tive num processo de colocação de um anúncio, e vai na volta até decidi fazer algumas sugestões também:

  • Personalizar as “Pesquisas” guardadas como na versão anterior de forma a uma simples consulta das mesmas
  • Adição de Zonas aos envios de alertas – isto era algo extramente útil, gostava imenso de receber casas apenas da zona XPTO e não de todas as zonas fa freguesia ABC.

Assim perdi a “vergonha” e toca a preencher a minha sugestão, via formulário no site. Pensei eu, pelo menos alguém um dia verá o que eu achava bom mudar. Qual é a minha supresa quando hoje ao abrir o email vejo que tenho um email das 17:42 da equipa a agradecer as sugestões e que serão analisadas oportunamente, para que possam vir a ser implementadas numa próxima actualização. Decidamente muito positivo! Confesso que esperava uma resposta, mas não tão rápida como esta.

Ainda continuando com a minha experiência, como já disse acima, hoje passei de simples utilizador de consulta, para anunciante. em meia dúzia de cliques rápidamente coloquei o anúncio da nossa casa online.

Preencher os dados, colocar as fotos, pagar com cartão de crédito, e em 30 minutos tinha o meu anúncio online na “imobiliária” com mais visitas em Portugal.

casa_sapo 

O anúncio, esse pode ser visto aqui. Resta comprovar agora qual a eventual eficácia deste investimento que efectuei, um tema para mais tarde. Vejamos qual o ROI mais tarde.

Torrents e afins: A Resposta da ISPAI ás Produtoras

Encontrei hoje via blog da Maria João Nogueira a resposta da ISPai (Internet Service Association of Ireland) em resposta aos pedidos/ameaças para que os ISPs bloqueiem o acesso a sites que promovam a partilha ilegal de média.

A tomada de posição da ISPai foi feita via comunicado público (ver. pdf) que está colocado no site dos respectivos e direccionado á Irish Recorded Music Association (IRMA).

Tal resulta das cartas enviadas pela IRMA aos ISPs em Fevereiro último, na sequência do acordo em que o maior ISP na Irlanda, a EIRCOM, aceitou bloquear o acesso a sites que a IRMA indicasse como promovedores do filesharing ilegal.

Assim com esta carta aberta esta dada a resposta dos restantes ISPs.

Recorde-se que a IRMA representa as quatro grandes: EMI, Sony-BMG, Universal e a Warner.

Próximos capítulos ?