Vacu Vin wine saver

Finalmente chegou o meu Vacu Vin Wine saber Concerto.
Gosto de apreciar um copo de vinho de vez em quando. Este de vez em quando e um de semana em semana. Ora, abrir uma garrafa de vinho para este luxo, origina geralmente que ela se estrague, e sensível como sou com sabores e cheiros, e razão suficiente para não lhe tocar mais.
Ora o Diogo Rodrigues, e o Ricardo Bernardo falaram-me de um sistema que permitia conservar por mais tempo o vinho. Após alguma procura cá esta ele.

O Diogo disse-me a marca, e como não o encontrava em Portugal nos hipers onde andava, decidi tentar a minha sorte pelo ebay e amazon.

Assim la veio o Vacu Vin Concerto da Amazon. Por cerca de 15 libras, comprei o concerto com quatro rolhas na amazon. Por menos duas arranjava-se no ebay, mas só trazia duas rolhas.
Reduzindo a oxidação, dado retirar o ar, criando vácuo dentro da garrafa e assim possível aumentar o tempo de vida de um vinho após aberto, maximizando o tempo em que pode ser desfrutado.

E para o inaugurar, após um longo dia, uma garrafa de tinto da Casa Cadaval – Padre Pedro!

*escrito de um dispositivo móvel, e não ao abrigo do novo acordo ortográfico*

Gadgets: Ainda o medidor de consumos energéticos Envi da Current Cost – Parte II

No decorrer dos vários pedidos do João que tinha no outro post, desta vez coloquei um lembrete no calendário, e finalmente fui tirar valores do contador da EDP para conseguir fazer continhas.

O medidor de consumos Envi da Current Cost, vendido em Portugal pela Home Energy é uma ferramenta poderosa. Essencialmente a grande mais valia que vejo nele é dar-me o consumo instantâneo do consumo em casa, e com isso conseguir tirar algumas ilações.

Graças a ele ja percebi quanto gastava o meu Ar Condicionado, ou até mesmo o chão radiante, cujo alguém que supostamente o montou, tinha dito a outro vizinho que isto não gastava nada.

A grande falha a meu ver é no facto de não se conseguir saber quanto gastámos de X a Y, isto porque as ferramentas que existem online permitem apenas tirar amostras de Z em Z minutos, pelo que percebi do seu funcionamento. Não é uma falha, mas como esta amostragem tão espaçada os valores saiem deturpados.

Seria preciso um software que permitisse ler constantemente o valor que sai do XML da porta do ENVI, o colocasse numa BD e a partir daí fosse possível fazer “continhas”, mesmo sabendo que ele faz amostragens não continuas mas de 6 em 6 segundos.

Possivelmente haverá algum software que permita tal, mas ainda não tive muito tempo para me debruçar sobre esta matéria, dado que o meu interessava aqui é conhecer os meus consumos instantâneos, e por isso tenho os valores a serem publicados no Pachube, e até aparecem no Twitter numa conta na qual publico estes valores e temperatura (proof of concept only!).

Dada esta lacuna, a única hipótese seria utilizar os contadores que o mostrador do Envi têm e que mostram os últimos consumos de:

  • 1 dia
  • 7 dias
  • 30 dias

e foi precisamente com este de 30 dias que trabalhei. Assim tirei os valores do contador da EDP a 12/05 e pensei eu em os tirar a 12/06 ( na altura nem pensei que a diferença eram 31 dias e não 30 dias, mas também o erro introduzido não me parece significativo por tal… já explico o porquê).

Assim segundo o contador da EDP de 12/05 a 12/06 gastei 157KW. Segundo o contador do Envi gastei 193KW. Ou seja a diferença de 36 KW entre o contador da EDP e os valores do contador do Envi representam uma diferença de 23%,  quase mais 25%.  Mesmo que tivesse considerado 30 dias de EDP, e não os 31 como fiz com este estudo esta diferença ainda subiria, daí o referenciar 25%….

A Current Cost elucida que tal como o uso, a ideia é medir consumos instantâneos e evitar gastos supérfluos, dado que a amostragem do dispositivo é de 6 em 6 segundos, enquanto o contador da EDP factura de forma continua.

Possivelmente os motores de frigoríficos, bem máquinas de lavar roupa e loiça deverão ainda condicionar este tipo de medidas dado o seu comportamento indutivo, e talvez o Envi meça na realidade a potência aparente gasta, enquanto o contador da EDP indique a potência real.

PS: deixo uma interessante e simples explicação para a Potência real, aparente, reactiva e factor de potência  – http://www1.eere.energy.gov/industry/bestpractices/pdfs/mc60405.pdf

 

 

Face in Space, ou eu fora do planeta Terra

Hoje, após algumas consultas decidi finalmente ir fazer o redeem do meu certificado de participação no projecto Face in Space da Nasa. Consistia em transportar o nosso nome e foto numa missão de um vaivem espacial da NASA.

Parece que estava previsto para 16 de Setembro de 2010, mas apenas aconteceu em Fevereiro/Março deste 2011.

Hoje fui ver como estava isto, e efectivamente a missão ST-133 já tinha ocorrido, pelo que tinha o certificado pronto a ser “impresso”. E cá está ele!

Face in Space

STS-133STS-133

The 133rd space shuttle flight launched on February 24, 2011. On this 35th shuttle mission to the International Space Station, Discovery will deliver the Express Logistics Carrier 4 and critical spare components to the Station. The pressurized logistics module will be a permanent fixture at the Station for supply storage.

Thanks to 194,181 participants who sent your names and images with us on STS-133. View crew thank you message here.

Your flight certificate is now ready for printing. Click here to print.

Mission Links

STS-133 Web site
Mission Photo Gallery
NASA TV
Spacecraft Sighting Opportunities