Arduino, Luz & Temperaturas

O tempo não têm abonado muito. Entre trabalho, casa e aulas não têm dado para muito, mas este fim de semana consegui finalmente rumar até ao meu bunker e entreter-me um pouco com o arduino.

Defini um projecto menos ambicioso para já (o robot vai ficar para depois, porque o investimento ainda é muito para já). Tenho andado a explorar a plataforma brincando um pouco com a aquisição de dados.

Para já queria fazer uma sonda que me medisse temperatura, luz e eventualmente os publique no pachube, ou via Twitter quem sabe, para fazer companhia aos meus dados já publicados de gastos energéticos/temperatura da casa.

Se relativamente à luz foi simples de fazer, duas LDRs serviram perfeitamente para a coisa, vi pelo blog do Daniel Andrade que tal podia ser simplesmente feito com um LM35. Parece que contudo este sensor de temperatura de precisão não é assim tão comum.

LM35

Tentei arranjá-lo na Arabot em Santarém, num dia de visita aos meus pais, e lembrei-me de ir à minha antiga loja de electrónica de há 15 anos! Não havia, mas vieram as LDRs.

O meu colega Ricardo Machado foi a uma loja de electrónica em Lisboa, e pedi-lhe para me trazer “uma” coisa daquelas. Na realidade deram-lhe um LM335 e disseram que era o mesmo. Mas não, não é!

O LM335 é um sensor de precisão, mas em Kelvin e não em Celsius, contrariamente ao LM35. A pinagem do encapsulamento também é diferente. A passagem de Kelvin para Celsius é a parte mais fácil da coisa 😉

Consegui este fim de semana já por aqui ler alguma coisa, mas julgo que o tenha de calibrar de alguma forma.

Os valores que obtive após testes foram algo estranhos. Mas mesmo no inicio da investigação de como fazer tal, o monitor avariou, e acabou por entregar a alma ao criador. E em vez de brincar mais com o LM335, acabei a desmontar o velho LCD de 17″ com oito anos em procura do fusivel. Mas parece que entregou mesmo a alma ao criador e se foi.

Assim as próximas experiências no “bunker” ficam condicionadas por arranjar um outro monitor. Já está em curso, e se tudo correr bem, este fim de semana poderei retomar.

 

Some more reads:

LM35 @ profmason.com

LM335 @ mit.edu

Sensor de temperatura c/ Arduino

Optware in Giganas

For who have a Giganas this may be interesting:

Credits to DocBrown @ mrtforum

Good news, everyone!

I managed to install the Optware package from the site posted by samtruman.

Here is how I did it:

You need telnet-access to accomplish this.
Download the optware-vc-0.1.tgz file from http://en.nas-4220.org/index.php/Packages:Optware .
The site says, that you have to copy it to /public/applications/new_software, this won’t work on our NAS.

So, put it somewhere on the NAS-HD via smb, e.g. on /public.

First log on to your NAS via telnet as “root”. The default password should be “admin”, as far as I know.
Now go to the directory where you put the file and extract it. I did this by first unzipping it via gunzip optware-vc-01.tgz and then tar -xvf optware-vc-01.tar. Maybe tar -xvfz optware-vc-01.tgz will work too. Afterwards you get a folder named optware with three files in it: info.txt, init and optware.tgz.

Move this “optware”-directory to $HD_MNT_POINT/public/applications/ ($HD_MNT_POINT was /mnt/md1/ on my NAS).
You have to create the “applications”-folder, if it doesn’t exist already.

Now put the the “init”-file from the “optware” directory into the folder $HD_MNT_POINT/local/etc/rc.d/ and rename it to init.sh.
I had some other startup files in there numbered from 10 to 40. I guessed that this represented a startup sequence for the scripts. So I named it 50_init.sh. But I think it’s not necessary for the script to work. I read in different posts, that it just has to end on .sh to be executed on startup.

Execute the init.sh and it should tell you, that different ssh-keys are generated. This should take some time.
The last output of the script is “Fixing permissions on the /tmp directory…”.
Next you should reboot your NAS and the optware-installation should be finished.
It is now possible to log on via ssh to your NAS for example or install packages via ipkg.

If the init-script gives you errors about some missing files then the “optware”-folder is not in the right place.
Check if you have all three files placed under $HD_MNT_POINT/public/applications/optware .

After the initial installation you can erase the folder $HD_MNT_POINT/public/applications/optware, cause the important part was copied to $HD_MNT_POINT/optware.