Cartuchos finais de 2011

Estamos a chegar ao final de 2011, e para ser diferente de ao jeito do já habitual, desta vez não vou fazer um balanço tão exaustivo, embora este seja focado em mim – isto é um blog pessoal 🙂 – passou-se mais um ano, e como habitual coisas para fazer não faltaram. Começo a pensar que deveria focar-me numas mais, e em vez de estar em tantas, ter ainda mais sucesso em apenas algumas.

Foi um ano interessante, e bastante animado, nem sempre alegre:

Tivémos alguns problemas com uma das nossas gatinhas cá por casa, e acabámos por perder a Sascha, após um ano a lutar com o que pensamos que a vitimou: cancro no pulmão.

Acima de tudo o que marcou mais nesta recta final foram mesmo as passeatas de moto com a malta do f125cc, dado que comprei em Setembro uma moto.

Depois, em termos de animais recebemos a Pipoca, uma Yorkshire, que está quase com três meses, e as coisas por aqui nunca mais foram as mesmas 🙂 Alegre, brincalhona, interactiva, esta cadela não pára, parece que têm pilhas Duracell, especialmente agora que já a levamos á rua, e levamos habitualmente nas nossas saídas.

Consegui este ano desenvolver competências num conjunto maior de áreas, sendo que a nivel pessoal comecei a brincar com o Arduino. Participei pela primeira vez no Codebits, no qual apresentámos um projecto de domótica, que envolvia um Arduino.

Quanto á moto tudo começou em Setembro, quando após algumas contas, decidi comprar uma moto, com o objectivo de ganhar mobilidade com menores custos. Realizava assim uma coisa que queria desde adolescente, mas infelizmente os meus pais nunca me deixaram ter. Com carta de moto desde 1998, foi agora que comprei uma… embora as 125cc hoje em dia possam ser conduzidas com a carta de carro.

E assim começou uma nova aventura: ganhei em mobilidade, em tempo, mas apanho frio e chuva. Mas conheço muitos sitios, muitas coisas, muitas pessoas, e hoje em dia encaro os automóveis de uma forma diferente. De igual forma passei a dar mais atenção a todos os buracos na estrada, zebras, riscas, passadeiras e etc. para não ir ao chão.

Temos viajado por sitios fantásticos, e conhecido pessoas fantásticas: Santarém, Almeirim, Peniche, Leiria, Óbidos, Cabo Espichel, Coimbra, Cabo da Roca, Cascais, Marginal, Guincho, Sintra – foram alguns dos sitios por onde andei este ano.

E assim têm sido… Assim para 2012, e numa altura em que o país atravessa uma fase tão complicada, espero sinceramente que tudo corra bem. Venha saúde, alegria, sucesso, diversão, e já agora dinheiro!

E para terminar, umas fotos que finalmente reuni hoje de um passeio ao cabo da Roca de 18 de Dezembro: Aquário Vasco da Gama -> Cascais -> Roca -> Azenhas do Mar -> Sinta.

Boas entradas e um excelente 2012!

One thought on “Cartuchos finais de 2011

  1. Bom post! Também tenho Mota pelos mesmos motivos e também estou interessado em aprender mais sobre o arduíno.
    Um bom ano!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *