Ai Santarém Santarém

Estava hoje a relembrar um dos meus motivos para as minhas habituais visitas a Santarém com uma amiga de infância, e de conversa para conversa, em pesquisas pela Clínica Dr. Ruy Puga acabei por ir parar a este blog, do qual retiro este pequeno excerto:

“Ai Santarém, Santarém! Abandonaram-te, mataram-te, e agora cospem-te no cadáver.
Santarém, Santarém, levanta a tua cabeça coroada de torres e de mosteiros, de palácios e de templos!
Mira-te no Tejo, princesa das nossas vilas, e verás como eras bela e grande, rica e poderosa entre todas as terras portuguesas.” (Almeida Garrett, Viagens na Minha Terra, cap.XXXVI).

E se bem que a clinica Dr. Ruy Puga se modernizou e tem hoje um local diferente do local onde tantas tardes e noites passei

Já o novo espaço apresenta-se muito diferente, e renovado

Infelizmente nem tudo é assim. Numa visita a pé pela cidade dado que teria que aguardar algum tempo até poder conduzir rápidamente passei por sitios de outrora que ou abandonados estão, ou ainda permanecem fiéis às suas origens. Não obstante, o abandono de alguns dos locais leva-se a dizer – Ai Santarém, Santarém! Abandonaram-te…

O Correio do Ribatejo dispensa apresentações 

A Arabot que tantas boas recordações me deu ainda existe !

O antigo centro comercial não é mais que um fantasma com apenas a loja exterior aberta….

As antigas instalações dos bombeiros em pleno centro dão um ar de abandono e desalento à cidade….

Infelizmente nem o Hotel Central escapou e encontra-se para venda.

Face in Space, ou eu fora do planeta Terra

Hoje, após algumas consultas decidi finalmente ir fazer o redeem do meu certificado de participação no projecto Face in Space da Nasa. Consistia em transportar o nosso nome e foto numa missão de um vaivem espacial da NASA.

Parece que estava previsto para 16 de Setembro de 2010, mas apenas aconteceu em Fevereiro/Março deste 2011.

Hoje fui ver como estava isto, e efectivamente a missão ST-133 já tinha ocorrido, pelo que tinha o certificado pronto a ser “impresso”. E cá está ele!

Face in Space

STS-133STS-133

The 133rd space shuttle flight launched on February 24, 2011. On this 35th shuttle mission to the International Space Station, Discovery will deliver the Express Logistics Carrier 4 and critical spare components to the Station. The pressurized logistics module will be a permanent fixture at the Station for supply storage.

Thanks to 194,181 participants who sent your names and images with us on STS-133. View crew thank you message here.

Your flight certificate is now ready for printing. Click here to print.

Mission Links

STS-133 Web site
Mission Photo Gallery
NASA TV
Spacecraft Sighting Opportunities

Emprego fixo e estável

Não, não venho aqui publicar anúncios de emprego.

Até seria bom mas não é mesmo.

Estava eu a ver o email no Gmail e vi este “anúncio”.

Achei tanta piada á maneira como passam a mensagem que fui ver, sabendo óbviamente que era publicidade a um curso.

Ao ponto a que isto já chegou…. preparação para entrada na GNR ? Achei o argumentário muito “*surreal*”.

Imagino que faça sucesso, dado que se me levou a mim a espreitar imagino quantos não vão lá.


Trapalhadas

Ontem saiu um excelente artigo disponível no Jornal de Negócios Online intitulado “Um governo a IRS…” . O link está aí atrás e gostaria apenas de destacar duas ou três frases que ficam.

Num dia não muito distante, um presidente demitiu um primeiro-ministro em Portugal. Razão: “trapalhadas”. O estroina Santana Lopes saiu e levou com ele a palavra. Ei-la de volta, acompanhando um apressado aumento da taxa de IRS. E não…

….

Entregámo-nos à intervenção externa de quem também está sem norte. Os mercados “estão descontrolados”, como diz o ministro alemão das Finanças. A UE está desaustinada. Quando Durão Barroso um dia disse que a Europa era um Boeing sem ninguém no cockpit, mal sabia que anos depois o Boeing continuaria sem piloto mesmo com ele a bordo.

Portugal é também um avião sem piloto, mas mais pequeno: é um Cessna, daqueles que fazem publicidade nas praias. Na faixa diz: “Sempre em festa”. Dirige-se para o aeroporto na expectativa de que lá esteja o FMI (e você, senhor contribuinte, já não sabe bem se receia encontrá-lo ou se secretamente o deseja).

Ora as acima, são para mim a mais das puras verdades. Veja-se o que se pode hoje ler acerca destas trapalhadas via Público por exemplo.

“As leis valem a partir do momento em que são publicadas, a partir do dia em que dizem que entram em vigor. Se há uma lei [publicada quinta-feira] que diz que entra em vigor amanhã, então é amanhã [hoje]”, disse em Lisboa Vital Moreira, também eurodeputado eleito pelo PS.

O primeiro ministro, José Sócrates, frisou hoje que a actualização das tabelas de retenção na fonte em sede de IRS produzirá efeitos nos salários de Junho e não já em Maio.

Interrogado sobre o momento em que produzirá efeitos a atualização das tabelas de retenção na fonte em sede de IRS, o primeiro-ministro sublinhou que seria a partir dos ordenados de “Junho, como disse [quinta-feira] o ministro das Finanças [Teixeira dos Santos]”.

“Produz efeitos nos ordenados de Junho. É esta a posição do Governo. Espero que não haja a mínima dúvida”, vincou José Sócrates.

Vital Moreira recusou comentar estas declarações, alegando desconhecê-las.

“Não conheço as declarações do primeiro ministro e não vou comentar”, disse.

Chegámos á desorientação total…. Foi esta a semana após anúncios do governo, e anúncios pela comunicação social, que causaram o caos na interpretação e busca da ultima versão a milhares de Portugueses – pelo menos aqueles que ainda se preocupam alguma coisa com a actualidade e não se resignam a aceitar e simplesmente saber das coisas quando elas já estão aplicadas.

Ontem, após a saída das novas tabelas de IRS, em que até pelos comentários da blogosfera se percebe que os Portugueses nem contas sabem fazer, o governo diz, contradiz e volta a dizer. “Bora lá pagar mais impostos”, e entretanto continua-se com TGV’s (mesmo após os espanhóis o terem suspendido), e cancela-se o concurso da terceira ponte para a seguir fazer um outro.

Da ponte só mais não falo, porque moro na Margem Sul e de facto a ponte faz falta a todos destas zonas, mas por favor…. suspendam os investimentos.

Acabem com as empresas de consultores no estado, e de uma vez por todas ponham os que não fazem nada a trabalhar. Temos pessoas tão qualificadas por aí, e se não chegarem ponham os que estão no desemprego a trabalhar, já que recebem um subsidio. Mas claro para isto tudo é preciso coragem politica, deste ou de qualquer outro governo, e ninguém se entende nestas matérias, como é o hábito. É graças a esta anarquia que isto vai assim e ficará cada vez pior.

E pronto… é fim de semana, devemos aproveitar para não nos aborrecermos e relarxarmos.

Dia 29 acho que existe uma manifestação…. vamos ver quantos lá aparecem. Certamente se criarmos um grupo no facebook para essa causa terá mais apoiantes.