Peixes

Nota: Atualmente já não tenho peixinhos. A exigência de tempo em manutenção, e o fato de terem morrido – por passar do tempo felizmente – levaram-me á decisão de não renovar os mesmos. O último que sobrou, uma carpa amarela acabou por ser doado a um conhecido da familia que o recebeu no seu áqua e lá ficou contente, e gigante. Por agora mantêm-se esta página por razões históricas.

——————————————————————————————————————-

Os meus peixes

Esta página funciona como uma repositório de informação das minhas experiências pelo mundo da aquariofilia. Não sou perito nem nada parecido, mas gosto dos peixinhos, e de os ver. São animais que dão algum trabalho, e com os quais se gasta algum dinheiro, especialmente, em testes e produtos para o aquário. Implicam também algum tempo para os mesmos, dado que periódicamente têm de ser mudada parte da água, mudar filtros, e claro alimentar os mesmos… todos os dias.

………..

A história perdeu-se no tempo, mas em 2012 morreu o meu telescópio preto que já tinha mudado de cor. Não sei as causas, mas ele parecia ter um grande inchaço no olho.

Ainda durante Fevereiro devido a um problema com ficha do aquecedor o aquário baixou de temperatura, levando a que o limpa fundos não sobrevivesse.

Dado que a motivação e disponibilidade já não eram muitas, acabei por doar o meu peixe Afonso a uns amigos, que ficaram com ele. Não tencionava aumentar a comunidade, e o peixinho sozinho andava triste. E assim acabou. Limpo o aquário, rumou á arrecadação. Tenho que o colocar á venda.

 


Actuais Peixes

No more fishes in the tank….



Aquários


O meu antigo aquário de 20 L

O meu novo aquário de 60 L


Antigos Peixes


Morte a 5 Julho 2009 – “O Laranja”

Kinguio – peixe dourado

Caracteristicas semelhantes ao amarelo.

+ info

O segundo maior peixe cá no aqua. Mais timido e reservado que o amarelo, mantêm-se longe da confusão.

Morreu a 14 Outubro 2009 – “O preto”

Telescópio-Negro

Julgo que o nome da espécie era “tubarão qualquer coisa”, mas não me recordo bem.

Simplesmente fascinante. Perdeu contudo alguma da sua cor na parte de baixo da barriga.

Morte em Dezembro 2009 – “O Capuchino”

Capacuhino – Oranda de Barrete ou Boné Vermelho

Penso que o nome da sua espécie seja mesmo capuchino pelo que me lembro quando os comprámos. Essencialmente branco, têm a parte da cabeça laranja.

Têm todos uns nomes originais confesso, no entanto é bem mais simples assim apresentar a quem está a ver o aqua pela primeira vez. O resultado final destes pequenos todos juntos é o abaixo. Nada muito impressionante, mas um festival colorido, e que dá bastante prazer.

“O Amarelo” (Morte em Janeiro de 2010)

Cometa – nome científico:Carassius auratus

família:Cypriniformes – Cyprinidae

tamanho:0 para 30 cm

temperatura:10 para 26 ºC

Variedades existentes mais conhecidas

Peixe dourado comum, Cometa, Shubunkin, Cauda de veu, Celestial, olhos de bolha, Escama de perola, Telescópio, Ryukin, Pompom, Oranda, Fantail (duas caudas, cauda de leque), Ranchu, Cabeça de leão, Phoenix (peixe ovo), Olho de dragão, Cabeça de sapo.

+ info

Cresceu imenso, sendo que neste momento deverá ter uns belos centimetros. Era um pequeno peixe, mas julgo que devido á temperatura do aquário tenha crescido tanto. Movimenta-se neste aquário de 20 L com alguma dificuldade já, e essencialmente é por ele que se equacionou a mudança várias vezes.

Perdeu já algumas escamas coloridas, mas é um peixe bastante activo, sendo que sempre que se coloca a comida no aquário adora vir para a superficie devorar.


2 thoughts on “Peixes

  1. É colega. Kinguio precisa de no mínimo 40L pra cada. Você atrofiou seus peixes e por isso eles nao viveram muito. Creio que nao passaram dos 2 anos correto? Um gordinho desse chega a 30cm e vive até 20 anos.

  2. @aline: tenho-os há quase quatro anos. Os laranja e preto comigo estiveram mais de três anos e meio. Não sei a idade deles quando os comprei. Enfim…. acredito que pudessem durar mais, possivelmente devo ter-me descuidado, pelo menos menos foi com esse sentimento de culpa que fiquei no caso do preto: apesar de todos os testes que fiz á água estarem normais, sinto que havia ali algo que não estava bem, e a verdade é que o laranja que estava a ir pelo mesmo caminho recuperou após um grande TPA. Infelizmente o preto já não. Resumindo…. TPA’s são necessários.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *