A internet e as compras: Comprar Online @ Jumbo

Não é publicidade, ou nada parecido, e vêm na sequência de experiências de encomendas online tais como a Pizza Hut, ou a Telepizza.

Ontem, na sequência do meu aniversário, decidi aproveitar o vale de oferta de 10 euros que tinha recebido por email para utilizar este serviço. Já me tinha registado no passado, mas quando constatei que a taxa de serviço de entrega eram 6 EUR não o cheguei a usar, especialmente dado morar a cerca de um quilómetro do hipermercado.

Mas pronto, desta vez decidi experimentar: ora mais simples não podia ser – ir ao site do Jumbo, e tal como numa Pizza se escolhe o que se quer, simplesmente aqui o processo é o mesmo. Escolhemos o que queremos, adicionamos ao carrinho.

O interface do utilizador é simples e intuitivo, apesar de não gostar muito da barra slide (mas isto é uma preferência pessoal, dado ser algo adverso ao flash) que dá acesso ás grandes secções, é muito simples de usar e escolher os produtos.

É só escolher o que se quer, escolher a quantidade, e adicionar ao carrinho. Convêm estar atento nos produtos a peso, como frutos, ou peixes frescos em que se escolhe as unidades desejadas, sendo que cada unidade têm um peso médio anunciado no artigo.

Caso se ache a imagem do produto pequena, ou se queira ver mais detalhe, basta carregar no produto para ver o seu detalhe.

E pronto…. após escolher tudo estamos em condições de terminar. Escolher o período de entrega, pagar, Online com cartão, ou Offline (julgo que trarão um POS?!?).

Basta agendar o período de entrega, no meu caso escolhi ontem pelas 22 horas a entrega hoje no período das 20 ás 23h e restou-me esperar.

Eram cerca de 21.45 quando chegou a carrinha, subiu com as compras e me deixou tudo aqui em casa.

Seis euros poderá em primeira instãncia parecer um valor elevado, mas tendo em conta que segundo me indicam conhecidos habitualmente haverem promoções (neste momento mais de 125 € têm um desconto de 50% na taxa de entrega), basta planear as coisas devidamente e por três euros é um excelente serviço: fácil de usar, escolher e esperar a entrega. Evitam-se filas, deslocações, passeios dentro do hiper, e multidões de pessoas.

Ainda me deram duas ofertazinhas, e tudo veio super fresquinho: os peixes, e os gelados que encomendei, que sabem óptimamente.

Recomenda-se ! E outras pessoas conhecidas que já usaram também recomendam. Com diz uma amiga “só não ter que carregar com os sacos vale esse dinheiro (a taxa de entrega)”.

As finanças, o IRS e o Twitter

Ora há coisas engraçadas !  Isto quase poderia ser uma bela fábula (o tópico do post), mas a DGCI, ou Finanças, mais conhecida pelo imposto do IRS para a maioria dos mortais têm um canal no Twitter, e pelo mesmo pode-se saber que foi assim que adiou a entrega da 2º fase do IRS.

Foi alargado o prazo para entrega da Declaração Modelo 3 (Anexos A, H e J) até dia 18/04. Mais informações em: http://bit.ly/cwFJTb

O prazo de entrega da 2ª fase, da declaração Modelo 3 de IRS, decorrerá de 19/04 a 28/05. Mais informações em: http://bit.ly/cwFJTb

É isto que se pode ler no canal da DGCI no Twitter.

O comunicado esclarece de igual forma que “Este adiamento, do dia 16 para o dia 19 Abril, em nada prejudicará os contribuintes abrangidos por esta segunda fase, uma vez que a administração fiscal assegurará, para os que entregarem as suas declarações no dia 19, que o reembolso, quando devido e desde, também, que verificados os requisitos estabelecidos para o efeito, será emitido no prazo de 20 dias contados a partir do dia 16 de Abril”.

Ora e quem diz que os serviços públicos são maus? Cinco pontos para eles e para a utilização dos novos meios de comunicação. Poderiam era ter enviado um email também !

Simplex:: Serviços Online – Cartas de Condução & Consultas Médicos

Falou-se recentemente pela blogosfera de um serviço do IMTT através do qual se poderia alterar a morada da carta de condução, ou mesmo mudar a sua morada.

IMTT

Através do acesso ao endereço https://servicos.imtt.pt/ pode-se assim proceder ás ditas alterações, com um preço inferior ao practicado nas lojas de cidadão e locais semelhantes.

Quais os serviços disponíveis neste balcão de atendimento?
Neste balcão estão disponíveis os seguintes serviços:
– Registo de dados de contacto dos condutores;
– Formulação de pedidos relacionados com carta de condução.

Hoje descobri online, um serviço que permite a marcação de consultas para o médico de familia.

Consultando o Portal da Saúde encontrei este prático serviço, o eAgenda – Marcação Electrónica de Consultas.

A medida, prevista no Simplex para 2008 aparenta apenas ter estado disponível a partir de Março de 2009, mas a verdade é que ela existe, e é bem prática !

marcacaoonlineconsultasSNS

Quem já possuir cartão do cidadão poder aceder a este serviço com o seu cartão. Os restantes, podem registar-se com o número do SNS, e marcar a sua consultazinha. Parece que é mais um passo para acabar com as bichas das marcações.

marcacaoonlineconsultasSNS2

O site está “bonitinho”, acessível e de fácil utilização. Mais um grande passo na sociedade da informação !

Bush e os Teras de Informação

netapp-cabinetsAparentemente, segundo o Ars Technica, quando Bush passar a presidência para Obama, os Arquivos dos EUA vão receber qualquer coisa como cerca de 100 terabytes.

Este volume de informação é cerca de 50 a 100 vezes mais a quantidade de informação deixada por Clinton na transição para Bush.

Todo este volume de informação está a causar um imenso burburinho, dada a quantidade em si, bem como a eventual capacidade dos arquivos para receber,  integrar e tratar toda a informação. Há ainda que esclarecer se toda pode ou não ser integrada, dado muita ser considerada pessoal segundo Dick Cheney.

Além de todas as questões acima, há ainda os formatos…. enfim… o habitual:

“It’s not just size that matters, though: the Archives will also need to process reams of information locked in some quaint proprietary formats. The RMS index, for example, “consists of an implementation of a customized older version of Documentum running on Oracle, with image files (including copies of scanned records) incorporated as objects in the database.” The photos are stored in a “proprietary photo management software called MerlinOne, running on Microsoft SQL as the database engine,” and it has apparently taken several months to extract the images and metadata for relinkage outside the Merlin format. ”  (In Ars Technica)