Peixes & Cia.

Já vai fazer dois anos e meio que parece que acertei na fórmula mágica do aquário, que me permitiu que os peixinhos sobrevivam sem problemas. Tinha tido peixes no passado, e infelizmente morreram com Ictio.  Penso que talvez tenha sido o azar de prinicipiante, o não saber, e o não ter agido a tempo.

Estes até agora têm estado bem, e bem alegres. Cresceram muito, especialmente o amarelo, pelo que é altura de repensar uma nova casa para os mesmos, que está já a ser montada.

Assim passo a apresentar os miúdos:

“O Amarelo”

Cresceu imenso, sendo que neste momento deverá ter uns belos centimetros. Era um pequeno peixe, mas julgo que devido á temperatura do aquário tenha crescido tanto. Movimenta-se neste aquário de 20 L com alguma dificuldade já, e essencialmente é por ele que se equacionou a mudança várias vezes.

Perdeu já algumas escamas coloridas, mas é um peixe bastante activo, sendo que sempre que se coloca a comida no aquário adora vir para a superficie devorar.

“O Laranja”

O segundo maior peixe cá no aqua. Mais timido e reservado que o amarelo, mantêm-se longe da confusão.

“O Capuchino”

Penso que o nome da sua espécie seja mesmo capuchino pelo que me lembro quando os comprámos. Essencialmente branco, têm a parte da cabeça laranja.

“O preto”

Julgo que o nome da espécie era “tubarão qualquer coisa”, mas não me recordo bem.

Simplesmente fascinante. Perdeu contudo alguma da sua cor na parte de baixo da barriga.

Têm todos uns nomes originais confesso, no entanto é bem mais simples assim apresentar a quem está a ver o aqua pela primeira vez. O resultado final destes pequenos todos juntos é o abaixo. Nada muito impressionante, mas um festival colorido, e que dá bastante prazer.

Agora é tempo para evoluir, não só quantativamente, mas sim qualitativamente também.

Assim por isso no novo aqua estou a planear algumas plantas naturais, e possivelmente expandir a “colónia” até dez peixitos. Quem sabe, mas devagar…