2009: Parece que já passou uma década….

Estava aqui a ver umas coisas, e acabei por ir para ao site do Live e segundo o que parece, foi no passado dia 8, que já passaram dez anos desde que criei o meu primeiro email, que ainda uso, quase como MSN e para alguns usos mais especificos apenas… mas pronto, foi criado, e ainda é vivo.

Curiosamente estava convencido que tinha sido criado em 1998, mas se eles dizem que foi em 1999…. enfim! Provavelmente tive outro antes, que não me recordo mesmo, e já não deve mesmo existir.

edgarduraohotmail

Apesar de ainda existir nem sempre é utilizado, dado que desde a alguns anos percebi que toda a nossa história e o que temos online, é muito importante (ou não!), e devemos preservar a nossa identidade online.

Após muitas mudanças de email, em que era uma treta ter de avisar todos que mudámos de email, e perdia tudo, e também muitos webpages  e blogs que passaram por alojamentos, pcs ligados em casa, alojamentos em pcs/servidores de amigos, fixei-me neste dominio, o durao.net, e toda a minha info ficou aqui agregada e preservada, de forma a não perder mais nada da minha “história na web” – que não vale nada, mas confesso achar piada guardar.

Curiosamente, e parece mesmo que Abril é o mês das novidades e marcos na minha história na “internet” , sendo que reparei também que foi agora que o canal de irc #Santarem na rede PTNet deixou de ser meu – ui, isto é forte pelo que passo a explicar:

O Santarem, registado a 1 de Abril de 1998 pelo Voz – Diogo Beja, ou Marona como agora é mais conhecido, antigo colega da Ginestal Machado, quando veio para o técnico. Depois passou para mim – Pirlas – dado que o nick do Diogo expirou e eu e mais uns quantos fizémos daquilo um sitio da zona de Santarém onde muitos conversavam online, ainda no tempo dos modems dialups, no tempo das grandes contas telefónicas, no tempo em que o IRC era muito usado (na realidade o IRC já algo antigo, cresceu ao longo dos anos, com os seus picos na guerra do Golfo pelo que sei de forma a servir para comunicação), sendo que os tempos áureos do Santarém foram efectivamente entre 1998, e 2001/2 com os famosos grandes jantares da Internet (mais de 100 pessoas reunidas em Santarém a jantar era obra!).

A partir daí começou o declinio, com a grande ajuda do Messenger. Enfim… foi a geração IRC – ou mirc como alguns lhe chamavam – , grandes amigos, inimigos, chatices, amizades e muitos mais.  Reparei recentemente, que ao que parece por falta de utilizaçao “dropou” e foi registado por alguém: é normal, dado que nos últimos anos não tinha mesmo ninguém.

Parece que os quase 11 anos em que esteve sob a minha alçada terminaram… ainda bem porque á vários anos que não olhava para aquilo, nem ninguém dos “valentes” do antigamente também. Presumo que qualquer dia seja o nick Pirlas a “dropar” e pronto… finito fecha-se um ciclo.

E pronto… assim de repente diria, que passaram dez anos…. Parece que foi ontem. Este ano já faço 30 anos…. parece que vou entrar na tal idade em que se é cota !

ViaCTT, um serviço CTT

viactt

Julgo ser cliente do ViaCTT desde 2006, altura em que penso que apareceu. Inicialmente pensei que seria algo em que deixariamos de ter cartas na caixa de correio, contudo mais tarde percebi que só apenas algumas deixariam de vir: as contas !

Apesar de tudo pareceu-me algo bastante interessante: receber as facturas por via electrónica ainda melhor… menos papel na caixa de correio.

Além de tudo ainda permite integrar pagamentos, contudo dado que tenho tudo por débito em conta não utilizo.

Com um site simples, demasiado simples segundo os meus critérios e outras opiniões que se encontram por aí online, é um serviço simples, acessivel, e acima de tudo gratuito. Destinado a tirar algumas cartitas de papel das caixas de correio, a ideia até é relativamente boa, contudo os custos segundo encontrei online parecem-me algo elevados, dado não contemplarem a infra- estrutura: 1 milhão de euros. 

Via CTT Website Jan 2009

Via CTT Website Jan 2009

As entidades eram poucas de inicio, e sempre foi dito que iriam cada vez ser mais. Hoje necessitei de uma factura da EDP, e dado que a empresa já oferece ela própria o envio da factura por email pensei: mas porque raio tenho eu isto na ViaCTT ?

E realmente pensei, e decidi acabar com o serviço… ou pelo menos deixar de lá receber isto, sendo que é bem mais prático vir por email.

Vejamos, tenho três entidades subscritas:

  • a ViaCTT – envia-me folhetos e outras coisas que não leio…
  • a Vodafone – nunca recebi nadas destes dado que o meu Vodafone é de carregamentos muito raros e nada por aqui vêm.
  • a EDP – recebo as suas facturas bi-mensais.

Ou seja as únicas entidades que uso são estas, e apenas me aparecem mais as seguintes para aderir:

viactt_entidades_para_aderir

Curioso, penso eu….  De tantas que estão em presentes na página das entidades apoiantes apenas as acima posso activar ! Especialmente, porque algumas das que poderia activar já fornecem serviços de factura por email, sendo já usados por mim.

Bem ,RIP Via CTT.

Presumo que sejas útil a alguns, mas não para mim.

Telefone / Telemóvel / Bancos / EDP e mais umas quantas já são enviadas pelos fornecedores. Não faz sentido existir uma terceira plataforma de armazenamento pelo meio.

De qualquer das formas foi uma excelente iniciativa dos CTT, um modelo B2C interessante.