Jantar do PlanetGeek e a saga da busca do Sushi

Depois do nosso último jantar para reunir a malta, de forma experimental no Japonês em Belém, decidimos enveredar mais uma vez por outro all you can eat sushi.

Desta vez fomos até Benfica, mesmo por trás do Jardim Zoológico e gostámos. Segundo o nosso expert da coisa, o Ruben Alves este é melhor que o outro, e fica ligeiramente mais em conta. Contámos desta vez com a presença de mais umas quantas caras novas e assim vamos pondo a conversa em dia, e conhecendo pessoas com quem estamos habituados a trocar emails e “mapeando” assim para as respectivas caras.

Os temas de conversa são como habitual diversos, desde telefones, apple, ipads e ipeds até Jogos, e a sistemática pressão da Dana para que o Ruben instale o plugin de Flash para que ele jogue os jogos por ela recomendados, mas sem grande sucesso.

Bem… cá ficam umas fotos para imortalizar tal acontecimento. Na próxima semana o jantar é no Porto, e contará com algumas caras do de Lisboa, se bem que em vez de Sushi, serão todos iniciados na arte das Francesinhas pelo Carlos Martins, que comandará as bravas tropas no norte em conjunto que o Ruben que está em todos 🙂

E aqui ficam algumas fotos que tirei… quer dizer eu não, o meu telemóvel!

O fim do prt.sc (o agregador de blogs)

Foi com alguma pena que li hoje que este projecto terminou.

Num texto simplemente colocado no Google Docs, e para o qual se é redireccionado ao ir a http://prt.sc, Vitor Domingos explica não só o fim, mas o inicio e a estratégia que levou á criação do mesmo, e a sua futura conversão em canal de vídeo.

É com pena que o vejo terminar, e mais uma vez após o “fecho” do Gildot, a conversão do planeta asterisco em prt.sc, e o seu fecho muita coisa se passou, e mais um projecto com algum cariz tech fecha, levando-me a pensar que cada vez existem menos escritas sobre tecnologia em Portugal com carácter pessoal, no fundo aquela que alimenta este grande monstro – a Internet.

No meio deste processo ficou o PlanetGeek, do qual este blog faz parte, virado mais para a g33kalhada/techalhada (whatever that means e o queiram entender – e por aí ficamos!!) fundado pelo Mário Gamito (que nos deixou a 23 de Março de 2009), após a sua saída do prt.sc/asterisco.

Existem mais umas quantas redes, sendo a mais conhecida a rede Tubarão Esquilo – não conheço nem por hábito  frequentar, nem se enquadra neste âmbito penso eu de que. As restantes julgo serem cogumelos, nascem e morrem.

Enfim julgo que a blogosfera Portuguesa fica mais pobre, mas compreendo em parte as razões enunciadas pelo VD no texto, sendo que começa-se a notar que cada vez os conteúdos são mais pobres nos blogs. Tirando alguns de referência, vê-se muitos a serem abandonados, ou a fecharem mesmo. Outros, como é o caso deste, são um rabisco de ideias, pessoais ou mesmo meros diários dos donos.

Por cá a “tasca” vai-se mantendo…. fiel ao seu lema – Pensamentos e ideias num mundo virtual – devaneios sobre tech e experiências tech, e qb de actividades mundanas que nem só de momentos g33ks vive o mundo.

E prontos… é altura de adicionar mais uns blogs ás minhas feeds RSS para seguir “duas ou três” pessoas que gosto de ler 🙂