newsletter semanal do Portal do Cidadão

Recebo habitualmente a newsletter semanal do Portal do Cidadão. Dado que até me parece algo interessante listo os tópicos desta semana, partilhando assim convosco as minhas alegrias, do meu país.

A compilação das notícias da semana publicadas pode ser vista no portal do cidadão.

Destaco o aumento do salário minimo para uns “espectaculares” 475 EUR, que os empresários acham muito pelo que tenho lido. Aparemente existem no país 300.000 pessoas com este salário segundo li algures…

Outra notícia deveras interessante é o aumento da factura da EDP em 2.9%….

1.    Governo mantém Preços dos Transportes Públicos em 2010 (21-12-2009)
2.    ‘SEF vai à Escola’ regularizar Jovens Imigrantes (21-12-2009)
3.    Gripe A: Nova Fase de Vacinação abrange Crianças até 12 Anos (21-12-2009)
4.    Lojas do Cidadão encerram a 24 e 26 de Dezembro (21-12-2009)
5.    DGAIEC emite Circular sobre Incentivo Fiscal ao Abate de VFV em 2010 (21-12-2009)
6.    Parquímetro Portátil chega a Lisboa em Janeiro de 2010 (18-12-2009)
7.    Salário Mínimo Nacional sobe para 475 Euros em 2010 (18-12-2009)
8.    Novos Modelos 3 e 10 dos Impostos sobre o Rendimento em 2010 (18-12-2009)
9.    Loja do Cidadão de Viseu comemora 9.º Aniversário (18-12-2009)
10.    BMS de Águeda encerra nos dias 24 e 31 de Dezembro (18-12-2009)
11.    Inauguradas Primeiras Unidades de Cuidados na Comunidade (18-12-2009)
12.    Estradas de Portugal lança Novo ‘Portal de Tráfego’ (17-12-2009)
13.    Quarta Geração do Programa Escolhas quer incluir 97 Mil Jovens (17-12-2009)
14.    Loja do Cidadão de Odivelas celebra 2.º Aniversário (17-12-2009)
15.    Município de Óbidos adere ao Projecto ‘A Minha Rua’ (17-12-2009)
16.    Lisboa: Trânsito condicionado no Viaduto Duarte Pacheco (17-12-2009)
17.    Orçamento Participativo de Lisboa Aberto a Votação dos Cidadãos (16-12-2009)
18.    Criado INOV-Export para apoiar Inserção de Jovens em PME Exportadoras (16-12-2009)
19.    Segurança Social altera o Pagamento dos Subsídios Sociais a partir de Janeiro de 2010 (16-12-2009)
20.    Cartão de Cidadão tem Dois Novos Postos de Atendimento (16-12-2009)
21.    Tarifas da Electricidade aumentam entre 2,1% e 2,9% em 2010 (16-12-2009)
22.    Autoridades divulgam Recomendações para lidar com Tempo Frio (15-12-2009)
23.    Candidaturas à 4.ª Fase do Porta 65 Jovem terminam Amanhã (15-12-2009)

10 de Junho, dia de Portugal

E agora um momento de História aqui no blog, já que dizem que não conhecemos a nossa História, vamos assim divulgar. Aqui fica uma referência ao dia, retirada da Wikipédia.

180px-flag_of_portugalsvg

Dia de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre – http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_de_Portugal

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de Junho, é o dia em que se assinala a morte de Luís Vaz de Camões em 1580, e também um feriado nacional de Portugal.

Durante o regime ditatorial do Estado Novo de 1933 até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974, era celebrado como o Dia da Raça: a raça portuguesa ou os portugueses.

Origens

Na sequência dos trabalhos legislativos após a Proclamação da República Portuguesa de 5 de Outubro de 1910, foi publicado um decreto em 12 de Outubro estipulando os feriados nacionais. Alguns feriados foram eliminados, particularmente os religiosos, de modo a diminuir a influência da igreja católica[1] e laicizar a sociedade.

Neste decreto ficaram consignados os feriados de 1 de Janeiro, Dia da Fraternidade Universal; 31 de Janeiro, que evocava a revolução falhada do Porto, e portanto foi consagrado aos mártires da República; 5 de Outubro, Dia dos heróis da República; 1 de Dezembro, o Dia da Autonomia (Restauração da Independência) e o Dia da Bandeira; e 25 de Dezembro, que passou a ser considerado o Dia da Família, tentando também laicizar a festa religiosa do Natal.[1]

O decreto de 12 de Junho dava ainda a possibilidade de os municípios e concelhos escolherem um dia do ano que representasse as suas festas tradicionais e municipais. Lisboa escolheu para feriado municipal o 10 de Junho, em honra de Camões, uma vez que a data é apontada como sendo a da morte do poeta que escreveu Os Lusíadas.[1]

Dia de Camões

Monumento a Luís de Camões em Lisboa

Luís de Camões representava o génio da pátria na sua dimensão mais esplendorosa, significado que os republicanos atribuíam ao 10 de Junho, apesar de nos primeiros anos da república ser um feriado exclusivamente municipal. Com o 10 de Junho, os republicanos de Lisboa tentaram evocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia[1].

Dia da Raça e Dia das Comunidades

O 10 de Junho começou a ser particularmente exaltado com o Estado Novo, o regime instituído em Portugal em 1933 sob a direcção de António de Oliveira Salazar. Foi a partir desta época que o dia de Camões passou a ser festejado a nível nacional. A generalização dessas comemorações deveu-se bastante à cobertura dos meios de comunicação social[1].

Durante o Estado Novo, o 10 de Junho continuou sendo o Dia de Camões. O regime apropriou-se de determinados heróis da república, não no sentido laico que os republicanos pretendiam, mas num sentido nacionalista e de comemoração colectiva histórica e propagandística[1].

Até ao 25 de Abril de 1974, o 10 de Junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça, este último epíteto criado por Salazar na inauguração do Estádio Nacional do Jamor em 1944 em memória das vítimas da Guerra Colonial Portuguesa. A partir de 1963, o 10 de Junho tornou-se numa homenagem às Forças Armadas Portuguesas, numa exaltação da guerra e do poder colonial[1]. Com uma filosofia diferente, a Terceira República converteu-o no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em 1978.

Tribunal manda retirar fotos de mulheres despidas em sátira ao ‘Magalhães’

Não me posso deixar de rir ao ler esta noticia no Expresso Online.

Deixo esta parte que acho extremamente hilariante:

O Ministério Público de Torres Vedras considerou como “pornográficas” as imagens de mulheres despidas expostas no monumento ao Carnaval. As fotos em apreço tinham sido coladas o ecrã de um computador Magalhães em tamanho gigante.

….

No fax enviado ao presidente da autarquia, classificado como “muito urgente”, o Ministério Público invoca um decreto-lei de 1976, assinado pelo então primeiro-ministro Pinheiro de Azevedo e pelo então presidente da República, Costa Gomes, que proíbe a exibição de “conteúdo pornográfico ou obsceno”, nomeadamente “imagens que ultrajem ou ofendam o pudor público ou a moral pública”.

As imagens terão chocado o cidadão Mário Andrade Lucas que segundo o processo a que a Lusa teve acesso, apresentou uma queixa ao MP de Torres Vedras, documentada com fotos, onde afirma que estão a ser exibidos em local público conteúdos pornográficos.”

Fonte: Expresso Online

Não obstante o facto de alguns serem mais sensíveis do que outros, e muitos pregarem falsos moralismos, penso que este senhor que se queixou vive mesmo no século passado, dado que pelo menos a referida lei é desse século, e está mais que dasactualizada.

Oh meus amigos…. por favor!  Qualquer TV hoje em dia exibe mulheres nuas… até muitas vezes em horários ditos… nobres. Ou será que não querem ver e tapam os olhos. Ou será que são  aqueles que vão ver ás escondidas e pregam veemenente a todos que não visionam tais conteúdos ?

Por favor… que retrato imbecil e retardado do país em que vivemos !

Mestre em Gestão de Campos de Golfe

Isto (encontrado via Marco Lopes) pode parecer uma boa piada, mas aparentemente é mesmo real:

– Universidade do Algarve , Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais lecciona a Pós Graduação em Gestão e Manutenção de Campos de Golfe.

Publicado no Diário da República a 12 de Março de 2008, o excerto mostra :

Para quem acha irreal, sempre pode Googlar um pouco o tema.

Este artigo no Semanário Económico também está muito bom.

25 de Abril

25 de Abril

Feriado para uns, mais um dia para outros, um dia com um significado muito especial para outros…

Enfim, o 25 de Abril é o que fizermos e pensarmos dele, não vou entrar em grandes divagações, mas cá fica o que me despertou a atenção hoje na TV e claro, dado o seu impacto está amplamente pela internet fora:

Fonte: Sapo \ Lusa

Cavaco Silva “impressionado” com ignorância dos jovens sobre o “Dia da Liberdade”

Lisboa, 25 Abr (Lusa) – O Presidente da República, Cavaco Silva, mostrou-se hoje “impressionado” com a ignorância de muitos jovens sobre o 25 de Abril e o seu significado e denunciou uma “notória insatisfação” dos portugueses com o funcionamento da democracia.

No seu discurso na sessão comemorativa do 25 de Abril, no Parlamento, Cavaco Silva divulgou extractos de um estudo que mandou realizar sobre o alheamento da juventude face à política, e atribuiu parte da responsabilidade aos partidos políticos.

O Presidente considerou “não ser justo” para aqueles que se bateram pela liberdade, tantas vezes arriscando a própria vida, que a geração responsável por manter viva a memória de Abril persista em esquecer que a revolução foi um projecto de futuro.

“Os mais novos, sobretudo, quando interrogados sobre o que sucedeu em 25 de Abril de 1974 produzem afirmações que surpreendem pela ignorância de quem foram os principais protagonistas, pelo total alheamento relativamente ao que era viver num regime autoritário”, declarou o Chefe de Estado perante o hemiciclo.

Falta aqui o melhor que vi na TV – os números – do estudo de um inquérito realizado aos jovens acerca do tema.

Tal resulta dum total alheamento acerca da vida politica do país, quer passada quer futura.

Sinceramente com os nossos politicos perde-se a vontade de seguir o que quer que seja:

Até eu em tempos militante de um grande partido da nossa assembleia perdi a pachorra para o politica….

Sinto que é tudo uma fantochada… As guerras internas, os projectos que não são acabados, os interesses mesquinhos…

Basta ligar a ARTV e ver um pouco as baboseiras que ali se passam: a discussão do ataca, do contra-ataque, e sei lá de que mais.

É imbecil que em vez de zelarem pelo interesse do país se limitem á discussão fútil. Até os ideais que dividem a direita da esquerda são hoje minimos.

Enfim…. my 5cts.

(….)