Microsoft Morro, o antivírus da Microsoft, ou o Microsoft Security Essentials

Como já e do conhecimento de muitos a Microsoft decidiu lançar um antivírus próprio, o Morro.

Ora se para o resto do mundo o nome até pode não ser nada, para os Portugueses e Brasileiros o nome era um pouco …. estranho e infeliz.

Felizmente, e bem parece que afinal se vai chamar Microsoft Security Essentials – segundo notícias aqui e aqui por exemplo, e segundo diz no programa que já por aí circula.

Bem a verdade é que parece simples, e light…. e isso é bom.

Melhor ainda é ser gratuito, bastando ter uma cópia do Windows legitima – e isso por si só vai ser uma muito boa aposta: Windows Firewall + Windows Defender + Windows Security Essentials parece ser o suficiente para proteger um PC… claro que o utilizador não pode ser auto-destrutivo… senão….

A instalação é fluida e decorre sem problemas.

morro

É completamente integrado com o Windows Security Center. Quando o instalei ainda estava a fazer os updates por isso queixava-se de estar desactualizado.

windows_sc_morro

Os ecrãs são simples, e mostram toda a informação necessária.

mse_1

mse_2

mse_2

mse_about

Em termos de peso de CPU e memória parece consumir muito poucos recursos, o que é uma boa aposta.

mse_load

Assim. e por tudo isto veremos qual vai ser agora a resposta das outras companhias a um antivírus gratuito por aí.

Parece segundo se pode ler pelas várias fonte que não vai ser incluído no Windows por default para evitar problemas com a lei – para isso já chega á Microsoft o Internet Explorer, que curiosamente também parece que vai sair dos default do Windows 7 versão europeia.

3 Comments

  1. E não era bom fazerem um SO decente (já que o está a cobrar aos clientes) em vez disto?

  2. Vírus são programas desenvolvidos por teceiros para infectar sistemas operativos.
    Qualquer sistema operativo é vulnerável a vírus, basta executar programas de terceiros desenvolvidos com más intenções.
    Por muito que se proteja o SO nunca se ficará livre disso, é um problema. Existem é SO’s mais propensos a serem infectados fácilmente, e neste caso o Windows é desse lote, bem como existe maior apetência em desenvolver vírus para determinados So’s – novamente o segmento Windows é o preferido, além de ser o mais usado o que facilita imenso.

    Enfim…. o melhor é mesmo termos cuidado com o que fazemos nos nossos pcs.

  3. Antes de ter cuidado com o que se faz com o PC há que ter cuidado com o que se compra.
    Antes de comprar é bom verificar o SO que se possam assim chamar.
    Não é o caso dos produtos da M$.

    Existem SO que não têm um único vírus (até à data) e que têm uma filosofia completamente diferente de abordagem.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Security_through_obscurity

Leave a Comment

Your email address will not be published.