Google Doodle Heinrich Rudolf Hertz

O Google apresenta hoje um Doodle comemorativo do nascimento de Heinrich Hertz.

Um bom dia para comemorar o nascimento deste sr. e agradecer por tudo o que ele fez pela sociedade!

 

Heinrich Rudolf Hertz (Hamburgo, 22 de Fevereiro de 1857Bonn, 1 de Janeiro de 1894[1]) foi um físico alemão que demonstrou a existência da radiação electromagnética criando aparelhos emissores e detectores de ondas de rádio.

Hertz pôs em evidência em 1888 a existência das ondas eletromagnéticas imaginadas por James Maxwell em 1873 (ver equações de Maxwell).

Wikipedia

Capture

Vileda Virobi

Ja tinha em tempos pensado em comprar um Roomba, contudo por ter duas gatas teria que ser a versao pet, sendo que dado o custo de 500 euros nunca concretizei por achar um exagero.  Ora os precos entretanto baixaram mas isto nunca mais voltou a ser repensado.
Entretanto reparei no outro dia na mopa Virobi, que com um preco de 40 Eur consegue ser bastante apetecivel. E la veio uma ca para casa na esperanca que ajude a pelo menos apanhar alguns pelos.
Fez um programa de 30 min, e do que passeou pela casa e apanhou acho positivo.

image

Prevejo e que as recargas se gastem facilmente. Vi um pacote de 80 por 20 eur, sendo que terei de mandar vir mais porque o robot apenas traz tres.

De aspeto fragil, a mopa apanha bastante lixo. Quando olhei para o estado da de exposicao da que estava no Jumbo percebi logo isso. Quanto a navegacao e como os carrinhos… bate vira.

So com os fios nao se da muito bem. Deixei-a ca sozinha a andar pela casa e quando cheguei vi-a entrar debaixo do sofa… entrou mas nao saiu. Tropecou no fio do som e la ficou. Tive de o salvar. Mas foi a unica vez… nunca se chateou com outros fios.

Mas para ja considero a compra util. Esta a recarregar, apos os 30 minutos iniciais em que navegou sobre o olhar atento da gata e das correrias da cadelita de tres meses.

(Escrito num dispositivo movel pelo que podem verificar-se alguns erros e falta de acentuacao)

Edit: a pedido adiciono dois vídeos demonstrando o funcionamento da ViRobi. O primeiro a navegação do mesmo num corredor, sem grandes obstáculos.

 

No segundo vídeo levanta-se e dá para ver o seu pano já com alguma sujidade. O mais espantoso disto é que a casa foi limpa completamente no Sábado…
A unidade de demo que encontrei no hiper estava completamente carregada de lixo. Foi com base nisso que conclui que seria uma boa aquisição. Quer gata, quer cadela são espetadores deveras atentos!!

Codebits 2011 :: Home Automation com Arduino

Participei este ano no Codebits pela primeira vez: fantástica a experiência. Ainda irei contar um pouco mais e meter mais fotos.

Participámos também com um projecto, um projecto na área de domótica – Home Automation com Arduino!

Constitui equipa com o Eduardo Balsa, Nelson Antunes, e o Vasco Pinheiro.

O main goal era “Create a project to aquire some data readed at your home with an Arduino Uno. The arduino will publish that information to a backend , and the info will be available through web and in an android app. Mixes electronics, arduino, php, ,c#, ip video, and makes possible to control some stuff remotely.”
20111112_155130

20111112_160043

Untitled

Untitled3

Untitled2

SC20111112-155406

mail.google.com

Espectacular!
Conseguimos colocar o sistema a funcionar, com controle de três pontos de luz, e dois estores (simbilizados por leds numa bread board), controlados via uma consola desenvolvida em C# que lia da porta série (o Filipe não tinha shields ethernet para o arduino, que era a ideia inicial), e consola essa que com uma API REST em PHP registava todos os dados sensoriais recolhidos, e era responsável ainda pelo tratamento dos pedidos via interface web, e aplicação android. Os dados sensoriais recolhidos eram temperatura, luminosidade e som. Tinhamos ainda uma barreira IR, mas infelizmente queimei aquilo durante a madrugada… so no use for it.
Para complementar tudo isto tinhamos também uma camera IP motorizada, e direccional, que publicava a stream de imagens na web e android, sendo também controlada as direcções controladas via web e android. Esta camara ficou no centro da nossa mesa durante Sexta/Sábado a fazer stream 😛

Não ganhámos nada, mas foi fantástico. Consegui também com este projecto dar o major step que é implementar este projecto cá em casa. Consegui assim concluir que é exequível. Vejamos o que o futuro traz. Espero falar mais disto por aqui.

E parabéns a toda a equipa do Sapo / Codebits pelo evento – 3 dias espectaculares. You rock guys!

Mais fotos do Codebits nos próximos dias.

Ainda me lembro…

do tempo em que a minha mãe me deu nove contos para comprar um multimetro.

Salvo erro deve ter sido pelos saudosos anos 90… Hoje custam 6 euros ali no Leroy Merlin, como vi no outro fim de semana.

Mas melhor… no ebay por 3 euros já se arranjam. Acabei de encontrar um igual ao baratucho que comprei há três ou quatro anos por 4 libras.
$(KGrHqMOKpwE25f+RBUyBNwoYY18u!~~0_12
Não é nada de especial, mas serve para o gasto, mais que perfeito para o que preciso.

Andava aqui com um problema numa das pontas do meu multimetro, e resolvi passar pelo Ebay.  Custam 1.62 EUR vindas da China… nem sequer tou para me chatear a tentar arranjar estas que aqui estão.
$(KGrHqN,!iME3TZC3PN)BOEIvTs7!Q~~0_12

Incrível o que a globalização faz aos preços. Agora compita-se lá com isto…. impossível.

Arduino, Luz & Temperaturas

O tempo não têm abonado muito. Entre trabalho, casa e aulas não têm dado para muito, mas este fim de semana consegui finalmente rumar até ao meu bunker e entreter-me um pouco com o arduino.

Defini um projecto menos ambicioso para já (o robot vai ficar para depois, porque o investimento ainda é muito para já). Tenho andado a explorar a plataforma brincando um pouco com a aquisição de dados.

Para já queria fazer uma sonda que me medisse temperatura, luz e eventualmente os publique no pachube, ou via Twitter quem sabe, para fazer companhia aos meus dados já publicados de gastos energéticos/temperatura da casa.

Se relativamente à luz foi simples de fazer, duas LDRs serviram perfeitamente para a coisa, vi pelo blog do Daniel Andrade que tal podia ser simplesmente feito com um LM35. Parece que contudo este sensor de temperatura de precisão não é assim tão comum.

LM35

Tentei arranjá-lo na Arabot em Santarém, num dia de visita aos meus pais, e lembrei-me de ir à minha antiga loja de electrónica de há 15 anos! Não havia, mas vieram as LDRs.

O meu colega Ricardo Machado foi a uma loja de electrónica em Lisboa, e pedi-lhe para me trazer “uma” coisa daquelas. Na realidade deram-lhe um LM335 e disseram que era o mesmo. Mas não, não é!

O LM335 é um sensor de precisão, mas em Kelvin e não em Celsius, contrariamente ao LM35. A pinagem do encapsulamento também é diferente. A passagem de Kelvin para Celsius é a parte mais fácil da coisa 😉

Consegui este fim de semana já por aqui ler alguma coisa, mas julgo que o tenha de calibrar de alguma forma.

Os valores que obtive após testes foram algo estranhos. Mas mesmo no inicio da investigação de como fazer tal, o monitor avariou, e acabou por entregar a alma ao criador. E em vez de brincar mais com o LM335, acabei a desmontar o velho LCD de 17″ com oito anos em procura do fusivel. Mas parece que entregou mesmo a alma ao criador e se foi.

Assim as próximas experiências no “bunker” ficam condicionadas por arranjar um outro monitor. Já está em curso, e se tudo correr bem, este fim de semana poderei retomar.

 

Some more reads:

LM35 @ profmason.com

LM335 @ mit.edu

Sensor de temperatura c/ Arduino