Moto-Férias: Estrada Fora II F125cc – Dia 2, Porto Côvo > Tavira

O dia começou, e mais cedo que previsto.

No meio de um acampamento é sempre normal que acordem mais cedo que os outros, e apesar da previsão apontar para as 7 da manhã pelas 6.30 já se despertava no Camping da Ilha do Pessegueiro.

Trouxa arrumada, algum barulho feito, imagino que os vizinhos das duas tendas ao nosso lado nunca mais vão dormir junto de um acampamento de motos.

Como habitual rumámos á portaria, e dado que não havia nenhum café ainda aberto aí ficámos. O Alex e a Sara tinham ficado de se juntarem ao grupo aqui, ele vindo de Lisboa, ela de Santo André. Enquanto esperávamos por eles decidimos ir fazer uma espera ao Sr. do café. Pelas oito lá conseguimos beber um cafézito…. e voltámos á entrada do parque.

Apercebi-me finalmente do erro estratégico que cometi ao não usar protetor solar, e viajar com o capacete aberto. A minha cara fervia de queimada, e vermelha. Vá lá que a Sandra e o Edgar tinham trazido Nivea, e foi isso que me ajudou bastante a suportar a viagem.

E entretanto eis que chegou o Alex e a Sara, e lá partimos nós rumo á aventura: próximo destino Tavira!

O calor fazia-se sentir e a viagem custou um pouco. Pelo caminho junto uma sucessão de curvas, que julgo que se chamava Rio Torto encontrámos os colegas Dias & TGBMap que vieram ter conosco. O Dias ofereceu uma fresquinha á malta, sendo que eu optei por beber um café e uma cozinha, acompanhando de água. O calor, a velocidade, e o trajeto começaram a causar-me alguma sonolência e acabei por preferir o café.

Após a cavaqueira lá seguimos viagem e os camaradas abandonaram a caravana. Ainda parámos no meio da serra para uma pausa. Aproveitei para o belo do lanche e ainda tirámos umas fotografias. A mota da Sara queixava-se da falta de um parafuso no pára-lamas da frente.

Dada a ausência de pára-lamas lá se retirou tudo, e seguiu-se viagem. Julgo que alguns ciclistas passaram por nós, e mais tarde passámos por eles.

Seguiu-se uma viagem debaixo de um calor tórrido até Tavira. Mas chegámos lá!

Mais uma vez seguimos direito a um supermercado…. a barriguita já dava horas pelas 13. Enquanto uns ficaram a procurar o itenerário para o parque de campismo, outros optaram por ir comprar comida. Como em todas as “familias”, é sempre impossível agradar a gregos e troianos e isto causou algum desconforto entre alguns elementos, mas rápidamente se resolvou tudo e voltámos á estrada: próxima paragem parque de campismo da Ria Formosa.

Neste conseguimos arrumar tudo num alvéolo e fazer o camping um pouco mais económico: cerca de 7,30€ por pessoa.

Após montarmos as tendas sob o calor intenso, ficámos todos colocados dentro de um retângulo perfeito. Um excelente exercicio de geometria 🙂

E lá fomos á praia para refrescar. A escolha caiu sobre Manta Rota! Fantástica praia com uma água quente brutal. Levámos umas boas tareias das ondas, mas a água quente convidava a entrar.

Ficámos impressionados com a quantidade de vendedores de bolas de berlim na Manta Rota. Quanto ás bolas, eram simplemente fantásticas! E com creme, algo que pensei que tinha acabado nas praias.

Após sair da praia, ao chegar ao parque fui alertado para uns miúdos brincalhões. Descobriram que a minha mota tinha alarme, e decidiram entreter-se a brincar com ela e por aquilo a tocar……

Após a praia alguns de nós decidiram ir experimentar a piscina, onde ficámos até por volta das 19.30, dado que fechava ás 20. Bastante divertido, eis nós em plena “quase” aula de ginástica rítmica.

Após a merecida banhoca lá pegámos nas motas e fomos á procura de uma casa de tostas gigantes. Ainda passámos por um restaurante com um cheiro a peixinho grelhado fantástico, e uma igual fila de pessoas á porta fantásticamente grande, mas o destino eram mesmo as tostas.

De volta ao acampamento ainda não foi neste dia que as cartas do Edgar Mateus foram experimentadas.

O cansaço já se manifestava, e foi tudo dormir. O silêncio pairou no camping… até ás 6 da manhã!

One thought on “Moto-Férias: Estrada Fora II F125cc – Dia 2, Porto Côvo > Tavira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *