Ai Santarém Santarém

Estava hoje a relembrar um dos meus motivos para as minhas habituais visitas a Santarém com uma amiga de infância, e de conversa para conversa, em pesquisas pela Clínica Dr. Ruy Puga acabei por ir parar a este blog, do qual retiro este pequeno excerto:

“Ai Santarém, Santarém! Abandonaram-te, mataram-te, e agora cospem-te no cadáver.
Santarém, Santarém, levanta a tua cabeça coroada de torres e de mosteiros, de palácios e de templos!
Mira-te no Tejo, princesa das nossas vilas, e verás como eras bela e grande, rica e poderosa entre todas as terras portuguesas.” (Almeida Garrett, Viagens na Minha Terra, cap.XXXVI).

E se bem que a clinica Dr. Ruy Puga se modernizou e tem hoje um local diferente do local onde tantas tardes e noites passei

Já o novo espaço apresenta-se muito diferente, e renovado

Infelizmente nem tudo é assim. Numa visita a pé pela cidade dado que teria que aguardar algum tempo até poder conduzir rápidamente passei por sitios de outrora que ou abandonados estão, ou ainda permanecem fiéis às suas origens. Não obstante, o abandono de alguns dos locais leva-se a dizer – Ai Santarém, Santarém! Abandonaram-te…

O Correio do Ribatejo dispensa apresentações 

A Arabot que tantas boas recordações me deu ainda existe !

O antigo centro comercial não é mais que um fantasma com apenas a loja exterior aberta….

As antigas instalações dos bombeiros em pleno centro dão um ar de abandono e desalento à cidade….

Infelizmente nem o Hotel Central escapou e encontra-se para venda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *